Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

EDUCAÇÃO LITERÁRIA

Conheça as obras de referência da literatura portuguesa e universal indicadas nas Metas Curriculares de Português e no Plano Nacional de Leitura.






Clica no link abaixo:

http://www.portoeditora.pt/especiais/educacao-literaria/?utm_source=ep_hp_destaque&utm_medium=banner&utm_campaign=Educa%C3%A7%C3%A3o+Liter%C3%A1ria

SANTIAGO ÉS MAIOR - Rap


Em Português, na Oficina de Escrita Livre, eis o texto que escrevemos e apresentámos à turma, em RAP:


Santiago, és MAIOR!
Há amor em teu redor.
Os Professores,  Funcionários
Ajudam-nos a ser melhores.

Nesta escola, vamos aprender
A viver e a crescer.

Com a Strª Isabel Montes
Escrevemos, lemos,
aprendemos e revemos
conteúdos importantes.

Neste grande Agrupamento,
O sucesso está em crescimento.

Em Santiago é ASSIM!
E este rap chegou ao fim.

Felipe Almeida, 5.º G
                                                   João Pedro Baiôa, 5.º G



E este texto foi declamado: 


Estudamos e acreditamos
Que podemos ser melhores                                                     
E inventamos novos trabalhos.

Nos intervalos, vamos brincar.

Escrevemos lindos poemas.
Sabemos também rimar!

E aprendemos novas matérias…

Jogamos jogos de encantar.
Oh! Nossa  escola, tão bela que és!
A aula de Português faz-nos sonhar!
Nas aulas, toca a estudar.

A escola de Santiago Maior é a melhor!


                                        Inês Carvalho e Joana Brandão, 5.º G
                                                                              

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

1985-2015: 30.º ANIVERSÁRIO da ESCOLA B. SANTIAGO MAIOR


A NOSSA Escola comemora o seu 30.º aniversário!

Vivemos tempos diferentes daqueles que vivíamos há trinta anos, em que comemorávamos eventos com os que se aposentavam e os que estavam no ativo... Lembro-me de todos... Às vezes, os nomes não se fazem lembrar, mas a presença, sim! 
Hoje, os tempos são outros, mas não poderia deixar de recordar o aniversário da «minha»/«nossa» «menina». Não me refiro apenas ao edifício, refiro-me também a todos os que contribuíram e contribuem para a sua existência. Parabéns! 

- Escola, onde estás?
-Situo-me AQUI, no teu MUNDO,
CORAÇÃO onde pulsa SABER
Ouvir, falar, escrever...
Ler, contar, desenhar, correr...
Amar, fazer amigos... semear... melodias... SER.

Desde cedo se aprende
Estrelas no céu a mirar...

Saúda-se a noite,
Acorda-se o dia, com sorrisos de alegria.
Novas Oportunidades renascem,
Tesouros escondidos, brasas
Incandescentes abrem horizontes,
Afagam o orgulho, jorram fontes.
Gente cresce, veste sonhos de criança...
cabelo solta-se da trança.

Muda-se a visão de vidas...
As amizades são pérolas não perdidas,
Imagens vivas de álbuns que permanecem
Os bons anos esculpidos pelo Escultor Professor
Rumo ao SABER SER SANTIAGO MAIOR!
.
Autoria: Prof.ª Isabel Montes




quarta-feira, 18 de novembro de 2015

INCENTIVO À LEITURA com O Estranhão

O 5.º B, no dia 16 de novembro, participou na atividade promovida pela Porto Editora, com a obra O Estranhão de Álvaro Magalhães e a vencedora foi a Beatriz Dias.
Ler é aprender, viajar... e ser reconhecido! Todos os alunos receberam certificados de participação e um estojo. A vencedora ganhou também a obra integral O Estranhão.
Que alegria!




domingo, 15 de novembro de 2015

LEITURAS EM VOZ ALTA

No dia 13 de novembro, o 5.º G participou na atividade «Leituras em Voz Alta» dinamizada pela Biblioteca Escolar. Foi um momento muito agradável!



segunda-feira, 26 de outubro de 2015

LEMOS, OUVIMOS e ESCREVEMOS

Momentos de leitura: 





Momentos de escrita:

RATOS CONTRA GATOS

     Era uma vez uma família de ratos que vivia numa cave de uma casa onde também morava um gato de que eles tinham medo.
     Um dia a família de ratos decidiu reunir-se para arranjar uma maneira de acabar com o medo deles, cada vez que o gato ia à cave.
     Depois de muito falarem, nada decidiram até que um jovem rato, muito esperto, teve a ideia de meter no gato uma coleira com um guizo para que sempre que o gato fosse à cave, os ratos ouvissem o barulho do guizo e terem tempo para se esconderem.     Todos concordaram. Só faltava uma coisa: quem é que iria pendurar a coleira no pescoço do gato e como o fariam?

     Moral da história : Falar é fácil, fazer é que é difícil .

                                                                 Patrícia Nunes, 5.º G



O COELHO E O RIACHO 

       Era uma vez um veado, uma cabra e um lobo que estavam num riacho a brincar aos saltinhos. Enquanto estavam a brincar, um coelho pediu se podia brincar. Eles riram- se, porque ele era muito pequeno e nunca conseguiria saltar até à outra margem.
       Quando foram para um riacho maior, nenhum conseguiu saltar.
    Quando o coelho foi saltar conseguiu fazê-lo, porque em vez de dar um salto grande deu dois pequenos saltos com o apoio de uma pedra no meio do riacho.
       Moral da história: Não subestimar os mais pequenos pela aparência.

                                                                         Pedro Baiôa, 5.º G

domingo, 18 de outubro de 2015

A LEBRE E A TARTARUGA por Inês Carvalho (5.º G)

O novo ano começou e os textos estão de regresso, com novas caras.
Aqui está uma fábula «recontada» pela Inês e quem conta uma fábula... acrescenta a sua visão e criatividade.

Retirada de:  http://www.fabulasecontos.com/

Certo dia, duas amigas, a Lebre e a Tartaruga, que viviam no campo, combinaram fazer uma corrida, até ao poço dos desejos.
Quem ganhasse a corrida pediria um desejo e esse seria concretizado.
De madrugada, a Tartaruga preparou-se para iniciar a corrida e levantou-se antes do sol nascer. Começou a caminhar e só parava para se alimentar.
A Lebre, ao pensar que era mais veloz que a sua amiga, ficou na cama até ao sol nascer. Depois tomou o pequeno-almoço e iniciou a corrida.
O dia estava abrasador e a Lebre parou para descansar debaixo de um sobreiro e deixou-se dormir.
Entretanto, a Tartaruga passou por ela, sorriu e continuou a corrida.
Mais tarde, a Lebre acordou sobressaltada e desatou a correr, para chegar à meta.
Ao alcançar a meta ficou surpreendida por ver a sua amiga à espera dela.
A moral desta fábula é que não interessa o tamanho, nem a rapidez, mas sim a força de vontade, pois mais faz quem quer do que quem pode.

                       Inês Carvalho, 5. ºG


quarta-feira, 8 de julho de 2015

PROGRAMA e METAS CURRICULARES de PORTUGUÊS do ENSINO BÁSICO




     "O Ministro da Educação e Ciência homologou, em 03/07/2015, o Programa e Metas Curriculares de Português do Ensino Básico, que vigorará a partir do ano letivo de 2015/2016.
       O Programa retoma, enquadra e integra de modo coerente as Metas Curriculares para esta disciplina, já aprovadas e atualmente em vigor nas escolas. Este documento contém os reajustamentos indispensáveis à harmonização entre as orientações do Programa e as Metas Curriculares, sem que torne necessária a adoção de novos manuais. Foi assim progressivamente completado e finalizado o referencial curricular para o ensino do Português.
Concluída no presente ano letivo a aplicação das Metas Curriculares de Português em todos os anos de escolaridade do Ensino Básico, surge agora, com este novo Programa, a conveniente harmonização de Programa e Metas Curriculares.(...)"



http://www.dge.mec.pt/noticias/metas-curriculares/programa-e-metas-curriculares-de-portugues-do-ensino-basico

terça-feira, 16 de junho de 2015

BOAS FÉRIAS com saúde, alegria e livros

https://www.google.pt/search?q=ler&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0CAcQ_AUoAWoVChMIifz2ityUxgIVSD8UCh3pvwCT&biw=1024&bih=611#imgrc=5GZ6JkonBpLT9M%253A%3BWzbLjZSKjOyJ3M%3Bhttp%253A%252F%252F3.bp.blogspot.com%252F-mUmnq88fiyk%252FTzOfk9HS4RI%252FAAAAAAAAAl8%252Ft_3ID5C9G4A%252Fs1600%252Fler.png%3Bhttp%253A%252F%252Fbeazeitao.blogspot.com%252F2012%252F02%252Fconcurso-ilustrar-e-ler-mais.html%3B600%3B644 


                                                 Professora Isabel Montes

UM SONHO NO MUNDO MARAVILHOSO


Imagem retirada da net.



Um sonho no mundo maravilhoso

Era uma vez um país
Feito de doces e chocolates.
Toda a gente o quis,
Mas agora, vamos por partes.

Era tudo bom, nesse país.
Toda a gente estava feliz!
Era só lá chegar
E começar a “enfardar”.

Era tudo tão bom,
Bom demais para ser verdade!
Já estou morto de saudade.

Era só um sonho profundo
E sempre regresso a este mundo.

         Diogo Castilho, 6º C

segunda-feira, 11 de maio de 2015

DIVAGANDO SOBRE O FUTURO - 6.º C


Imagem da net.

Bem bem, eu não sei                                                                   
O que quererei ser.
Um dia, talvez professora;
Noutro dia, sem saber…

Não quererei pensar
No que virei a ser,
Pois um dia posso voar,
e noutro dia… sem viver…

Na decisão
terei que crer
para um dia
me responder.

Num dia de sol,
Num dia de azar,
Num dia de chuva
A sorte me irá encontrar.

Comecei desde pequenina
A saber o que fazer,
Mas chego a esta idade
E não sei o que dizer.

Puxo pela cabeça,
Mas não consigo lá chegar,
Está lá no "fundo"!
Mas nem com a lanterna
A consigo encontrar…

Já farta de procurar,
Encontro um bilhete
(Com certeza que o quis ler):
“Não te preocupes
Que a resposta
Irás saber!”.

   Francisca Carvalhal, 6.º C






  

A minha profissão futura

Eu quero ser pediatra,
Trabalhar nos hospitais;
Ser uma especialista
e fazer partos normais.

Desejo também
Ser bailarina
Para dançar, dançar
Em Portugal e mais além.

Mas pediatra é mesmo
A minha profissão de sonho,
Para ver nascer bebés
E, mais tarde, orgulhar-me deles.

Trabalhar no consultório,
Atender grávidas e “viver” 
Com os bebés é "ser"
Num mundo imaginário.

                Teresa Batista, 6.º C
                                                                                                   
                                                                                                   

quinta-feira, 30 de abril de 2015

LAÇO AZUL


Fotografia de M. Isabel Montes

     Estávamos na  escola, quando, de repente, ouvimos vários gritos. Não sabíamos ao certo o que era. Ao entrarmos na sala, ouvimos a Sofia Leão dizer «Professora Isabel, podemos ir ver o Laço Azul, por favor! Está lá muita gente.» A Professora permitiu e lá fomos nós. Descemos as escadas e fomos para o Campo da bola. Havia muitos meninos vestidos de azul e alguns adultos. Começámos a bater palmas e ... PUFF, os balões azuis e brancos voaram e voaram para tão longe, mas para tão longe que parecia que iam para Marte. Foi uma sensação única!
     E assim, simbolicamente, acabámos com a violência de uma só vez contra as crianças e jovens.
     Se pudéssemos repetir, repetiríamos uma, duas, três vezes... ver aquelas crianças a sorrir aqueceu-nos o coração.
     Às pessoas que organizaram esta atividade o nosso obrigada.
     Depois, regressámos à sala de aula com os nossos corações quentinhos, porque o sorriso das crianças vale mais do que o dinheiro!

                  Catarina Guerreiro, 10 anos - 5.º F
                  Raquel Pereira, 10 anos  - 5.º F

Obs.: Publicado no Jornal «Diário do Alentejo» de 8 de maio de 2015, p. 27.





quarta-feira, 29 de abril de 2015

CAVALO ANDANTE


Já na terça-feira,
Fui a outro mundo
Feito de madeira,
Era o seu fundo.

De pernas para o ar,
A viagem começou.
Sentada num cavalo
Que logo relinchou.

Cavalos malhados,
Feitos corpos de selim.
Batiam os cascos doirados.

Cavalo vitorioso
 que me trouxe
para este mundo maravilhoso.

                             Francisca Carvalhal, 11 anos

Obs.: Publicado no Jornal «Diário do Alentejo» de 8 de maio de 2015, p. 27.

quinta-feira, 19 de março de 2015

DIA DO PAI


Pai,
Tu és o meu melhor amigo.
Gosto muito de ti!
Estou à tua espera
Cheia de miminhos,
Carinhos, abraços e beijinhos.
Gosto quando estás ao pé de mim
E queria tanto que estivesses.
Adoro-te e estás no meu  coração.

Obs.: O pai está no estrangeiro, a trabalhar.

     Maria Inês Godinho, 5.º F (10 anos)

Pai,
No dia do Pai, eu brinco contigo, vamos jantar fora, mas acho que merecias mais. Aliás, és o melhor «pai do mundo»!
Irritas-me até aos cabelos, porém sei que é para o meu bem! És tão bom que até me perguntas «Estou fixe?» quando te ofereço uma blusa ou umas calças ou uns ténis.
És simpático e, quando é o «Dia da Mulher», o «Dia da Mãe», o «Dia da Criança», «O Dia da Mãe» ou em qualquer dia (porque todos os dias são especiais) dás-me sempre uma prenda, a mim, e à mãe. Sem dúvida que ÉS O MELHOR PAI DO MUNDO!
AMO-TE!
     
Catarina Guerreiro, 5.º F (10 anos)

quarta-feira, 11 de março de 2015

LISTA DE OBRAS E TEXTOS PARA EDUCAÇÃO LITERÁRIA 6.º ANO

1. Alice Vieira,  Rosa, minha Irmã Rosa 
OU
OU
António Mota, Pedro Alecrim
2. Almeida Garrett,  A Nau Catrineta ; “A Bela Infanta” in Romanceiro
3. António Sérgio, Contos Gregos
OU
Maria Alberta Menéres, Ulisses
5. Manuel António Pina,  Os Piratas – Teatro
6. Sophia de Mello Breyner Andresen (sel.),  PrimeiroLivro de Poesia
 (escolher 8 poemas  de autores portugueses e 8 poemas de autores lusófonos)
7. Irmãos Grimm,  Contos de Grimm, Jacob e Wilhem Grimm   ou Contos Grimm (trad. Graça Vilhena ou Maria José
Costa ou Teresa Aica Bairos) (escolher 3 contos)
8. Daniel Defoe,  Robinson Crusoé (adapt. John Lang)
OU
Ali Babá e os Quarenta Ladrões (adapt. António Pescada)

Obs.: Agradecemos a todas as entidades que disponibilizaram as obras em estudo.


Ficha de leitura (exemplo de)
I. O autor
       ·     Dados biográficos:
Nascimento:__________________ (data/local)
Morte:_______________________ (data/local)
Ocupações:
Outras obras:
II. A obra
       ·     Género literário:
Narrativo ?           Dramático ?         Lírico ? 
       ·     Tema:
Atual ?               de outra época ?
       ·     Parte mais interessante:
       ·     Parte menos interessante
       ·     A linguagem:
 Vocabulário:
fácil e acessível ?         rebuscado e difícil ?
 Registo de língua:
corrente?       cuidado?      popular?      familiar ?
IV. Resumo:
V. A apreciação crítica do leitor
  a) Seleção de cinco palavras desconhecidas:
  b) Seleção de cinco palavras (que consideres) belas:
  c) Registo de duas frases marcantes:
  d) Valeu a pena ler esta obra, porque
  e) Não apreciei a leitura desta obra, porque:                                          

  f) Esta obra fez-me refletir sobre:    

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Informação-Prova Final ou Informação-Exame Final Nacional

Caros alunos do 6.º ano,
O IAVE já disponibilizou a informação relativa à prova de exame final nacional do 2.º ciclo do ensino básico da disciplina de Português, a realizar em 2015. Podem consultar AQUI . Eis o calendário.
Obs.: Cliquem nas palavras sublinhadas (IAVE, AQUI e calendário) para a consulta dos documentos/páginas.